TERCEIRO ACTO - Pesquisa e Criação Artística

TERCEIRO ACTO - Pesquisa e Criação Artística

MINUTA

Minha foto
No ranking dos 50 websites mais procurados no Google com publicações na temática, o projeto TERCEIRO ACTO - Pesquisa e Criação Artística fomenta a dialogia entre teoria e prática através das vivências, do estudo e da reflexão sobre o papel da Arte-Educação na sociedade.
Este projeto é patrocinado por:

FC Cartuchos e Toners:
http://fccartuchosetoners.blogspot.com.br/
(19) 3546-6438 ou (19) 9.9746-4384

EQUIPE

Vanessa SCARINGI

Mestre em Educação com ênfase em Linguagens, Práticas Culturais e Formação (UNESP, 2011), Especialista em Metodologia do Ensino de Artes (UNINTER, 2015), Especialista em Educação Especial (Centro Universitário Claretiano, 2013) e Pedagoga com habilitação em Administração Escolar (UNESP, 2006).

Fabiana GUILHERME

Mestre em Educação com ênfase em Alfabetização (UNESP, 2011), Psicopedagoga (Centro Universitário Claretiano, 2008) e Pedagoga (UNESP, 2001).

Artistas e Fazedores Culturais da UNESP - Comissão Cultural do Campus de Rio Claro

Acesse a página inicial!

Técnicas Básicas do Jazz Dance

AS CLASSES DE JAZZ

      As classes de jazz requerem formulários de intensidade moderada a fim de aquecer e esticar os músculos e a evitar lesões.

Embora o jazz dance seja executado em seu formulário tradicional, é influenciado frequentemente por outros estilos da dança como acro (combina técnica clássica com acrobacia), ballet clássico, contemporâneo, lírico e hip hop.
Por sua vez, muitos outros estilos da dança são influenciados pelo jazz dance. Em consequência, muitos dos movimentos que são comuns ao jazz dance podem também ser encontrados em outros estilos da dança. Os movimentos comuns do jazz dance incluem:
•Mudança de esfera - transferência parcial do peso;
•Battement;
•Caminhada do gato;
•Chainé;
•Chassé;
•Caminhada do quadril;
•Jeté;
•Pas de bouree;
•Dobradiça;
•Saltos com ou sem giros - split, switch, calypso;
•Pirouettes;
•Etapa do pivô;
•Renversé;
•Passé - piqué.

A. Posições básicas dos braços

1. Preparatória: os braços e cotovelos - voltados para o lado -  estão dobrados num ângulo de 90 graus com as mãos de frente ao quadril.
2. Primeira posição: os bracos inclinam-se com as mãos em frente ao peito e com ose dedos distantes do quadril.
3. Segunda posição: Os braços saem da primeira posição e baem-se para os lados. os cotovelos permanecem ligeiramente em frente aos ombros.

4. Terceira posição: um dos braços fica em segunda enquanto o outro em quinta posição.
5. Quarta posição: um dos braços fica em primeira e o outro em quinta posição.
6. Quinta posição: os dois braços ficam paralelos acima da cabeça.

B. Posições básicas do corpo

Flatback - posição na vertical com os pés neutros enquanto flexionam-se as articulações dos quadris num ângulo de 90 graus para que a coluna vertebral se alongue paralelamente ao chão.

Lateral - posição na vertical com os pés sem segunda com tronco inclinado para um dos lados. Ambos os lados do tronco estão alongados e inclinados com o outro lado.
Foward lunge - posição na vertical com os pés para a frente com joelho dobrado formando um ângulo de 90 graus. A tíbia deve permanecer perpendicular com o chão. A perna de trás permanece em linha reta.
Side lunge - uma das pernas dobredas para o lado e a outra esticada e virada para fora em segunda posição.


Hinge (dobradiça) - alinhamento dos quadris ao corpo inclinado para trás paralelo em segunda posição, joelhos dobrados, sem nenhuma contração.
Standing contraction - completa contração de toda a coluna em quarta posição com plié.


Fonte: James Robey (2010)

Este blog é patrocinado por:


FC Cartuchos e Toners:
(19) 3546-6438 ou (19) 9.9746-4384